Estudante de 12 anos vence o concurso de desenho do Creas Iaçu

Caique Souza dos Santos – 12 anos Vencedor do Concurso de Desenho do CREAS/IAÇU

18 de Maio é o DIA NACIONAL DO COMBATE  AO ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES e através da campanha “FAÇA BONITO” o Creas  lançou o concurso de desenho para os estudantes da escola pública do município de Iaçu.  Um desenho original que representasse muito bem o tema.  E o resultado foi surpreendente, um talento raro com uma criatividade bem acima da média, seu nome? Caique Souza dos Santos.

Caique Santos

Natália Santana Pires – Secretária de Assistência Social

Caique Santos, estudante do 7º. Ano A, da Escola Municipal Teotônio Pereira Coimbra não apenas desenhou, como deu um show na explicação dos detalhes dos traços e cores utilizadas, encantando o público presente. No último dia 13 foi a entrega do prêmio, numa das salas da escola, um momento que ficará marcado para sempre na vida daquela criança que acreditou no seu sonho e levou seu tablete para casa.

Apesar da pouca idade do vencedor, ele não perdeu a oportunidade de ser grato às pessoas que sempre estiveram ao seu lado, incentivando a investir no seu potencial: avó, professora e diretora. Como é bom ter pessoas que acreditam e investem em nós. Lembrei-me da parábola dos dez talentos, quando uma pessoa recebe um bem e o enterra para não ser roubado,  enquanto as outras multiplicam os bens recebidos. Lá adiante  prestaram contas, tanto quem enterrou como os que multiplicaram. E com certeza, quem multiplica coisas boas, é muito mais feliz.  Pois ajuda outros serem felizes também.

Professora e aluno

Que essa campanha sirva de exemplo para todos os estudantes talentosos da nossa pequenina cidade, mas por timidez ou falta de apoio  não mostram o  potencial. Caique Santos desenhou como ele vê uma criança abusada nas mãos do abusador: “um mero fantoche, indefeso, sem articulação, sem voz, sem ação…ela chora lágrimas azuis para mostrar a profundidade do seu sofrimento…” justificativa do garoto.

É a Assistência Social fazendo  parceria com a Educação, e o resultado é esse: todos ganham. O prêmio de Caique é nosso! A vitória dele é de todos nós que acreditamos e investimos na escola pública.

Parabéns, Caique! Que os seus talentos sejam multiplicados e valorizados cada vez mais. Parabéns, Escola Teotônio Pereira Coimbra!

Elisabeth Amorim

 

 

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Porcos na pista ( crônica)

De repente entre a correção de uma prova e outra, vejo  uma reportagem sobre um caminhão  tombado numa pista molhada. Olho para a televisão volto a olhar para meus papeis, ouvindo fragmentos da fala do jornalista e pensando como estaria o motorista naquele momento, uma vida ou várias vidas entrelaçadas marcadas por aquele acidente? E a carga totalmente saqueada…Quantos porcos!

Naquela altura minha mente  fluía, não tinha mais o que corrigir, porém quem sabe deixar algum registro, ensinar algo para alguém.  Era eu e o computador, queria na verdade que a minha mensagem chegasse até aqueles porcos, animais que gostam de lama, mas olhava para eles, não via nada além disso… olhos arregalados, bocas tapadas, corações endurecidos, enlameados, carentes de um lava-jato.

Um caminhão de porcos tombado e o trânsito em poucos minutos ficou congestionado, a quantidade de porcos espalhados na pista desafiava a natureza distinguir de qual chiqueiro pertencia cada um. E mais uma vez, volto as minhas reflexões: Somos honestos por que queremos ser ou por que não temos oportunidade de sermos desonestos?  Num país da corrupção até que ponto eu também não sou corruptível?

Infelizmente, o adjetivo “ corrupto” que no Brasil  é um substantivo comum, é sempre direcionado aos crimes contra o patrimônio público, bem conhecido crimes de “colarinhos brancos”,  nos quais os envolvidos são políticos influentes ou empresários.  O jornalista continuava a falar, falar… olhei novamente para a televisão e vi uma cena inusitada: um porco sendo arrastado pela orelha! Oh, meu Deus! Há momentos que homens e porcos se parecem de tal forma, difícil distingui-los. Acho que essa frase faz parte da “Revolução dos bichos”.

Uma carga numa pista tem dono! Um acidentado precisa de socorro! Onde moram os humanos para socorrer aqueles porcos?  Há apenas uma semana assisti boquiaberta um caminhão carregado de papel higiênico pegando fogo, e pessoas correndo desesperadas… Não se assuste, leitor! Correndo para dentro do caminhão para carregar os papéis higiênicos! Isso mesmo! Pessoas com pacotes gigantescos, acredito que precisaria muito mais que uma diarreia secular para dar conta daquela carga totalmente saqueada.  E a jornalista pergunta: “- Por que você roubando essa carga?”  E o cidadão não se constrange em responder: “ – Não estou roubando, estou apenas salvando do fogo!”  Não se deu por vencida, a jornalista insiste: “_ Por que você não pegou um balde de água, já que você está salvando do…” Não deu tempo o “salvador de papel higiênico” ouvir a pergunta, talvez ele estivesse mesmo precisando com urgência daqueles papeis, pois saiu correndo para o mato.

Precisava terminar as minhas correções, mas não poderia deixar de sorrir de tristeza ao perceber a luta desesperada de três humanos tentando encontrar lugar para um terceiro bem mais gordo no porta malas de um carro de passeio.  Ou foi um porco que resolveu dar um passeio e convidou  homens para saírem daquela lama? Desculpe-me, mas falar de porcos é bem difícil, mas uma coisa eu posso afirmar, se estivesse passando na pista naquele momento, não correria atrás de porcos,  o meu toque é e continuará sendo poético. E TOQUE POÉTICO é inconfundível.

                      Elisabeth Amorim

Escritora baiana, poetisa, cronista, romancista, contista. Autora do infanto-juvenil “Zik e Moka: dois sapinhos diferentes”, “Boneca de pedra”,  e dos livros de contos ” Olhos no retrovisor”, “Literatura desmontada & cia” e ” Casaco de lã”.

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Escolas Municipais de Iaçu dando show!

“Valorização e Preservação da Cultura de Lajedo Alto” – Escolas Genésio, Vivaldo e a Creche Iolanda.

A nossa cultura é tão rica que transborda, escapa dos becos, ruelas, bairros da cidade,  dos distritos,  desafiando a própria lei do mais forte, sobrevive e sobreviverá enquanto existir pessoas que valorizam o grupo marginal, contraditoriamente, excluído das escolas, espaços de transformação cultural, ou não?!!!

Enquanto vida tiver para sair em defesa da nossa cultura marginal, eis me aqui! Porque sei o que é fazer cultura, literatura, educação, mestrado, investindo recursos próprios para não deixar morrer o que temos e o que já construímos, são anos de investimento na cultura\ literatura do local em que vivo. É uma luta desigual e  quase desumana fazer literatura quando não se tem patrocínio nenhum nesse país do carnaval. Mas posso dizer com grande propriedade, durmo feliz! Porque uso espaços virtuais como esse, cada dia mais internacional,  para divulgar literatura\ cultura baiana, romper com os silêncios, e  vejo os frutos surgindo…

“As histórias e sabedoria de D. Orotildes – 107 anos”

                                

Este ano de 2018 a nossa querida Iaçu está completando 60 anos. E fico feliz quando vejo o projeto da Secretaria Municipal de  Educação   dando frutos, isso mesmo, frutos! Porque faço parte do projeto, da luta, da defesa de valorização  e preservação da nossa história. Uma história permeada de memórias,  lendas, culturas, danças, literaturas, pinturas, artesanatos…  nesse palco iaçuense onde todos nós somos artistas, pois praticamos a arte de educar, ensinar e aprender com o outro todos os dias. E assim, criamos o projeto: “ IAÇU, 60 ANOS DE HISTÓRIA” . 

“Da fazenda, entre rio, animais e histórias surgem boas memórias” Projeto da Escola Elísio Medrado”

“Iaçu, 60 anos de história? O que trabalhar com esse tema se eu não moro na cidade?”  Essa foi uma das primeiras inquietações de professores que moram nos distritos,  e a resposta da diretora pedagógica municipal foi  imediata: “- De que  forma o seu distrito contribui para o fortalecimento/ crescimento de Iaçu? A sua resposta será o seu foco de pesquisa… Faça essa mesma pergunta aos professores e assim, a resposta mais repetida será o objeto de pesquisa da escola”.   E as escolas municipais abraçaram a proposta e entraram em campo e já estão mostrando alguns resultados.

“Trio Nogueira: cantando as emoções da nossa terra” Projeto da Escola Lyrio da Rocha

” Do Pinga Fogo ao Mochilão: São João de Iaçu é cultura e diversão” Projeto da Escola Rodrigo de Castro Burgos

 

Hoje, após dois meses  de socialização do projeto aos coordenadores pedagógicos e diretores de escolas,  estamos colhendo os furtos. Se nós estamos sendo beneficiados com as pesquisas realizadas pelas escolas municipais, o que dizer dos nossos alunos? Estamos pesquisando desde a origem da cidade de Iaçu, até as festas tradicionais  sagradas e profanas, os artistas da terra, grupos musicais, grupo de dança, os primeiros moradores, enfim, é muita gente envolvida, consequentemente, muito conhecimento jorrando.

“Faustino tem história”

Restando-me apenas a agradecer a todos e todas que acreditam na cultura marginal, nos grupos e literatura marginais e levam para suas escolas as histórias de “Trio Nogueira”,  “Bárbaros do Morro”, ” Grupo Viva a Dança”,  “ Mulheres do Monte”, “Escritores iaçucenses como Angelita Aragão, Kalypsa Brito, Elisabeth Amorim, Santos Almeida…” “Candangos” entre outras contadas ao longo desses 60 anos de emancipação política.  Pois é lá, nas escolas, onde tudo poderá ser modificado, porque de nada adianta querer um mundo melhor com oportunidades iguais, lendo sempre os mesmos textos e contando as mesmas histórias de “Branca de Neve”, “Chapeuzinho Vermelho”e “ Pinóquio” para os nossos alunos. Inovar é preciso! Conte alguma história de Iaçu, dê um “toque poético” às suas aulas.

Elisabeth Amorim

Diretora Pedagógica Municipal

Escritora, autora de vários livros infanto-juvenis

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Parabéns, PIB Iaçu! 60 anos de adoração a Deus!

Durante todo o mês de maio a PIBI esteve em festa, afinal são 60 anos de vitórias em Cristo. Não temos palavras para falar sobre os benefícios que essa instituição religiosa tem feito na cidade de Iaçu, principalmente por se tratar de uma igreja pequena, composta de pessoas simples, mas que tem um DEUS gigante operando milagres na vida de cada um.

Comentam-se que os membros da PIB Iaçu são ricos, quem espalhou esse comentário  não mentiu. Os membros da Batista são ricos do ESPÍRITO SANTO!  Quando ingressei para grupo de membros há três anos apenas, eu era realmente muito pobre, tão pobre a ponto de achar que se alguns países ricos  lessem meus textos, a minha vida financeira mudaria. Que pobreza de pensamento! Apenas Deus tem o poder de transformar a nossa vida!

 

Hoje eu tenho mais de 20 países leitores assíduos  do  Toque Poético, países “devorando” meus textos literários,  mas  minha riqueza vem do SENHOR que transformou a minha vida.  Porque as bênçãos que Deus reservou para mim, tomo posse diariamente.. .  PAZ em Cristo é a nossa maior riqueza.

E essa maturidade eu consegui simplesmente após frequentar a PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM IAÇU através do Pastor Marivaldo da Silva, aliás do psicanalista, historiador, psicólogo,filósofo e pastor. E durante esses anos o que mais ouço é “Se o senhor não edificar a nossa casa, em vão vigiam as sentinelas”.  E a  pequenina Igreja Batista é edificada pelo SENHOR. Como pode um povo simples, muitos desempregados, a maioria assalariado fazer um bem tão grande para toda a cidade através de ações solidárias?   O diferencial é que há pessoas que pensam no seu próximo, com isso transformam cada oração em AÇÃO de fato. Juntos vamos fazendo a diferença, porque o mundo em que vivemos temos muitos oradores, pregadores, oportunistas, mas há também muitos humanos solidários e ativos, fazemos parte dessa segunda nação.

Gostamos da comunhão e da celebração, porque sozinhos não fazemos quase nada.  E mais uma vez o pastor Marivaldo nos surpreende ao convidar a igreja para participar de mais uma celebração de batismo, dessa vez, realizado num hotel fazenda. E lá fomos nós, mesmo com o combustível racionado devido a greve de caminhoneiros, alguns através de carona solidária, outros a pé, pois a fazenda é pertinho da cidade,  para mais uma noite de louvor e adoração ao Senhor Jesus Cristo. Era mais uma etapa dos festejos de aniversário da nossa querida PIBI. Lá na Fazenda Monte Alto vimos o agir de Deus. Naquele ambiente rústico, mas acolhedor foi o local onde passamos parte da noite do último sábado(26\05)para glorificar o nome de Deus Pai.  E a Ele toda honra e toda a glória por nos conceder mais um ano de vida.

Parabéns, PIB Iaçu!

 

Parabéns, pastor Marivaldo e todo o Ministério de Louvor!

Parabéns, Grupo Shekinah!

Parabéns, Jovens da PIB João Amaro!

 

 

Ah, e pela divulgação desse belo evento… Parabéns a escritora baiana do TOQUE POÉTICO, para honra e glória do Senhor, aprovadíssimo em 2018 Canadá.

Elisabeth Amorim

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Esperar o agir de Deus(mensagem cristã)

Elisabeth & Edmilson

Como é bom esperar o agir de Deus em nossa vida, porque nos momentos angustiantes, muitos se afastam do Pai, e decidem comandar o próprio barco, atitude insensata, porque Deus nunca perdeu o controle de nenhuma situação, e jamais esquecerá de seus filhos.

A carta de Paulo destinada aos Filipenses se inicia falando da satisfação de saber da fidelidade para com o evangelho de Cristo. Porque tudo na vida tem uma razão para acontecer, e essas razões poderão cooperar para o fortalecimento do nome do Senhor. A prisão de Paulo não foi suficiente para detê-lo, o evangelho continuou sendo pregado e fortalecido.  E ele vai dizer justamente isso, para que todos possam viver o momento em Cristo e avançar cada vez mais.

Às vezes por bem menos que a experiência de Paulo na prisão, resmungamos, murmuramos, esquecemos de esperar o agir de Deus. Deus tem um plano perfeito para cada um de nós, mas devido a ansiedade, insegurança, impaciência não vivenciamos as palavras bíblicas, lidas quase diariamente: “ não ficar inquietos com coisa alguma, Deus sabe de todas as coisas”.  Irmãos, se Deus sabe de todas as coisas, o nosso “pacotinho” de pedidos já foi entregue, está em boas mãos.

Lucas & Elisabeth

Como guardamos a nossa fé?  Por que a mente é ocupada com ressentimentos, angústias, dores? Está mais que na hora de deixarmos Deus no centro da nossa vida, no centro das nossas batalhas, no centro do nosso trabalho, no centro do nosso centro. Onde é o centro para você? Qual é mesmo a sua necessidade? A sua fome ou a sua sede é de quê? Quanto mais alimentamos da carne mais esvaziamos do espírito.  Aflições? Quem não as tem?  “Pensar no que for bom, agradável, honesto”, já dizia Paulo.

A grande lição que Paulo deixa para os Filipenses é sobre a forma de viver de um verdadeiro cristão, pois tanto na fartura quanto na carência o cristão deverá viver para Cristo, pois “ Posso todas as coisas naquele que me fortalece”. ( Filipenses 4:13)

Espere o agir de Deus, no tempo dele, você perceberá que até as suas lágrimas de uma noite contribuíram para o sorriso mais duradouro.

Toque Poético

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ministério de Famílias da PIB Iaçu em ação!

deus_Easy-Resize.com2_Easy-Resize.com

No último sábado (12) o Ministério de Famílias da Primeira Igreja Batista em Iaçu fez  o Maior Encontro de Casais da PIBI, evento muito bonito para honrar e glorificar o nome de Deus por mais essa bênção em nossa vida e cidade: 60 anos  de fundação da Primeira Igreja Batista em Iaçu.

Falar dessa igreja é difícil não se emocionar, pois a sua história é de muitas lutas, mas de gigantescas vitórias. Uma igreja pequena, com poucos membros, mas com um diferencial, pessoas bondosas que notam diariamente o agir de Deus em nossas vidas,  por isso,   lá dentro,  grandes coisas acontecem que são verdadeiros milagres. Porque o Maior de tudo e de todos reina absoluto na PIBI.  Um Deus tremendo que guia e protege cada família que ali frequenta.  E o Ministério de Famílias criado pelo pastor Marivaldo da Silva  tem justamente o propósito de  unir, restaurar, acompanhar  orientar o cônjuge a fim  de buscar a “Excelência no Casamento”.

img_2000_Easy-Resize.comimg_1974_Easy-Resize.com

Se você é feliz com seu/sua parceiro(a) não deixe de  participar do curso de casais,  é oferecido gratuitamente uma vez por ano, e mais feliz o seu relacionamento ficará. Se por acaso as coisas entre você e seu parceiro não estão bem, procure  tomar o curso de casais, excelente oportunidade para aprender lidar com as rotinas do casamento, conhecendo a si mesmo(a) para entender melhor.

E não resta dúvida que todo Batista é  capaz de valorizar a família, mas primeiro  amar a Deus sobre todas as coisas. E é por amor a Deus que a igreja é forte, sustentada na rocha, que é JESUS CRISTO. Da mesma forma, é o caminho proposto pelo Ministério de Famílias, tornar as famílias iaçuenses  cada vez mais fortes, para que o inimigo bata em retirada por notar a distância a presença de Deus em nossos lares.   Porque sabemos que “se o Senhor não edificar o nosso lar, a nossa cidade, a nossa vida…  em vão trabalham as sentinelas”.

E no sábado, no mês de aniversário da Primeira Igreja Batista em Iaçu foi o momento de reunir casais para serem abençoados por Deus, renovar os laços matrimoniais. Momento ímpar, pois queremos sim, a presença de Deus em nossa casa, queremos sim, que Deus guie os nossos passos, queremos que nossos esposos/ nossas esposas sejam felizes ao nosso lado.  E como Deus é bom! Como Deus é maravilhoso! A festa foi perfeita,  mais uma oportunidade de cada casal se declarar para seu/sua parceira  e dizer, sim, “ Eu quero que a minha casa seja uma casa de bênção “ por isso estou aqui  e “ agradeço a Deus pela minha família…”

 

Toque Poético

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Vale de ossos secos (mensagem cristã)

Não tem como entrar na I Igreja Batista em Iaçu  ouvir a pregação do Pastor Marivaldo da Silva e sair do mesmo jeito. A transformação acontece, pois com certeza, uma reflexão faz um bem enorme, e, é o primeiro passo para uma mudança de atitude.

“Hoje é domingo! Domingo é o dia da bênção! Sexta-feira já passou…” Realmente, o domingo é o começo de uma nova semana, e as esperanças se renovam.  E não faz sentido ficar preso as dores da sexta, as cinzas do passado, e simplesmente, não caminhar, permanecer paralisado e agarrado aos problemas, sentindo-se coitadinho(a).

E a palavra do domingo(29/04) foi justamente sobre o “Vale de ossos secos” que se encontra em Ezequiel 37. Trata-se de uma visão que Ezequiel teve, ele sendo conduzido pelo Senhor para um local de destruição, onde havia muitos ossos secos, e lá é orientado a caminhar em volta desses ossos e profetizar sobre eles: “Então, me disse: Profetiza sobre estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor”. (Ezequiel 37:4) Obedecendo ao Senhor, os ossos se unem e ganham vida.

Grupo Shekinah/PIB Iaçu

O pastor Marivaldo foi brilhante ao afirmar que todos nós podemos passar por um vale de ossos secos, mas não podemos permanecer lá, porque para o cristão o vale de ossos secos é apenas um local de passagem, não para fazer morada. Fiquei com essa reflexão me empurrando para o computador, “escreva!” “Escreva!” Foi mais forte, aqui estou escrevendo…

Qual é a extensão do seu vale de ossos secos? Quanto tempo você está sentado observando os destroços, as “ruínas da sexta-feira”? Eu também não sei o tamanho do seu problema,  não temos uma varinha para medi-lo. Mas problema grande, pequeno, médio… é problema. E dói, não? Mas tempo gasto para alimentá-lo, resolveu? Sentar-se sobre os ossos secos trará a solução?

Voltemos a visão de Ezequiel, o Senhor o levou não para lamentar ou apenas observar, mas para agir de alguma forma sobre aquela situação. Primeira ordem: ande em volta dos ossos secos, o que significa dizer, caminhe sobre a sua dor, seu problema, não deixe ele te paralisar. Em seguida, mais uma ordem: profetize sobre os ossos… acredite que  eles poderão “ganhar vida obedecendo ao Senhor”.

Ministério de Louvor/PIB Iaçu

E é justamente desse final “ganhar vida obedecendo ao Senhor” que aproximo da conclusão. Os “vales de ossos secos” estão aí, dispostos a nos puxar para o fundo, mas é o Senhor que ilumina a nossa vida. Ganhamos a vida quando obedecemos ao Senhor, quando o contrário acontece, não precisamos correr do vale, porque ele se instala dentro de cada um, porque uma vida sem Cristo é um vida cheia de vales de ossos sequíssimos. Busque ao Senhor e livre-se dos vales de ossos secos.

E. Amorim

 

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário